Notícias - Ernani Polo
Publicada em 13/03/2018.

3° Fórum Estadual de Conservação do Solo e da Água na Expodireto debate plantio direto e compactação do solo

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI), promoveu, nesta terça feira (6) , a 3° edição do Fórum Estadual de Conservação do Solo e da Água, na Expodireto/Cotrijal 2018. Este ano, os tema em debate foi : “ A mitigação da compactação do solo e da erosão hídrica no sistema de plantio direto.

 

 O secretário  da agricultura Ernani Polo destacou o crescimento do programa estadual de conservação do solo e da água, que já possui dezenas de fóruns e seminários realizados e centenas de dias de campo e qualificações de agricultores. Destacou também a importância da disseminação da cultura do manejo adequado do solo e da água como forma de investimento em aumento de produtividade com sustentabilidade. “Agradeço a todos os que nos auxiliam na condução do Programa Estadual de Conservação do Solo e da Água, as secretarias envolvidas,  as entidades parceiras, que com o apoio da Emater tem levado adiante esta iniciativa tornada concreta pelo governador Sartori e que precisa ser permanente, para que a cada ano possamos melhorar nossas lavouras. Também destaco a sensibilidade do presidente Nei Mânica, da Cotrijal, que tornou nosso Fórum permanente na feira”, ressalta o secretário Ernani Polo.  Também participaram do Fórum o secretário do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Tarcísio Minetto e o presidente da Emater, Clair Kuhn.

 

O primeiro palestrante da tarde foi Jorge Lemainski, da Embrapa Trigo, que defendeu o uso as práticas conservacionistas. “ O problema para a melhoria da produtividade está no manejo do solo, que precisa ser adequado. As raízes são as grandes construtores do solo fértil. A rotação em diversificação de culturas é a chave junto com plantio em contorno e em nível”, destacou  em sua abordagem.

 

Em seguida, foi a vez de Alexandre Doneda, da  COTRIJAL, palestrar sobre o plantio direto adequado. “Por uma simples prática errada de manejo perdemos muito em solo. Precisamos ter proteção do solo, com palhada, para evitar consequências prejudiciais e consequentemente em investimentos, pois traz redução de custos. Diversificação, rotação de culturas e alta adição de palhada, são pontos que defendemos. Pelo menos 12 toneladas de palha por hectare/ano. Neste sentido, a cultura do milho é fundamental. Você está fazendo sua parte? É a pergunte que fica”, ressaltou Doneda.

 

Já Jacson Fiorin da CCGLTEC/UNICRUZ palestrou sobre os desafios do plantio direto, como qualifica-lo e boas práticas de manejo. “Nosso grande desafio é ampliar a produtividade com o manejo adequado do solo. A compactação e a erosão levam a perda de produtividade. A compactação leva a falta de infiltração de água, a macroporosidade e a resistência à penetração.  O efeito do milho na rotação de culturas é indiscutível, porque possui um sistema raticular excelente e favorece a infiltração de água no solo. Precisamos é qualificar o sistema com operações agrícolas em nivel”, salientou Fiorin.

 

O Fórum Estadual do Solo e da Água é um evento organizado pelo grupo gestor do Programa Estadual de Conservação do Solo e da Água com o apoio de instituições bancárias e entidades regionais . O Programa Estadual é coordenado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Irrigação, com a participação das secretarias do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Educação.

 

Após o Fórum foi realizado o lançamento da terceira edição do livro “ Solos do Rio Grande do Sul, elaborado pelos autores Edemar Valdir Streck, Ricardo Dalmolin, Carlos Alberto Flores, Egon Klamt, Paulo Cézar Nascimento e Fernando Spinelli.

COMPARTILHE ESTA PÁGINA


<< voltar
Cadastre-se e receba todas as novidades do Deputado Ernani Polo.
Acompanhe na rede
Onde nos encontrar
Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 11º andar - Sala 1102
Fone: 51. 3210.1711
email - ernani.polo@al.rs.gov.br